Claudia Mina revela truques de maquiagens inspiradas nas musas retrôs

Por Rafaella Britto

Edie Sedgwick
Foto: Reprodução

Claudia Mina vem conquistando espaço na rede: publicitária e escritora, possui contos publicados em antologias, e seu trabalho literário abarca da poesia às aventuras inspiradas em HQ’s, games e cinema de ação. “Eu sempre gostei muito de arte, desde criança. Ao longo da vida experimentei várias formas de me expressar artisticamente, mas, no momento, estou me concentrando nos meus textos e na maquiagem. Eu comecei a escrever as minhas primeiras histórias por volta dos sete anos de idade e nunca mais parei. Hoje em dia me dedico aos contos que publico em meu blog e em algumas coletâneas impressas”, diz.
Paralelamente à carreira literária, compartilha suas aventuras na automaquiagem no blog Ogro no Mundo da Maquiagem. “A maquiagem veio depois, já na minha fase adulta. Encaro a maquiagem como uma forma de arte, como se meu rosto fosse uma tela que pudesse ser pintada com batons, sombras e blushes, criando diversas composições.”
Claudia aceitou o desafio proposto pelo Império Retrô e revelou a nós truques de maquiagens vintage inspiradas em 5 musas do passado. “Eu achei muito interessante este trabalho de me inspirar nas maquiagens de algumas das divas que fizeram parte do mundo do cinema, literatura e moda, e que deixaram sua influência na cultura brasileira e mundial. Foi um grande aprendizado ver a forma que a maquiagem foi mudando ao longo do tempo, uma experiência riquíssima que pretendo compartilhar com vocês. Este foi realmente um trabalho bem enriquecedor e gratificante para mim.

Confira o resultado:


Foto: Reprodução

Clara Bow – “As sobrancelhas começam a afinar na década de 20 e vão ficando cada vez mais finas quando se aproximam da década de 30. Uma característica marcante das sobrancelhas da Clara Bow é que o final dela é bem caído. Isso torna a expressão mais caricata, com um olhar que ao mesmo tempo pode demonstrar tristeza, inocência e comicidade. As sombras que usei são escuras, em tons de marrom. Também acho que tons de cinza e preto combinam para a época. A cor de batom que costumavam usar naquele tempo era o vermelho. Às vezes as fotos dão a impressão de que o batom era preto, mas acredito que o tom usado era, na verdade, um vermelho escuro. O blush que usei é um rosa um pouco mais avermelhado. Na época, ele era aplicado bem nas maçãs do rosto, num formato mais arredondado.”

Foto: Reprodução

Pagu – “Na foto que usei como referência da Pagu, ela tinha sobrancelhas bem finas e bem arqueadas, que subiam para um ponto bem alto do rosto. Acredito que o estilo de sobrancelha é mais influência dos anos 30. Nos anos 20, as mulheres já deixavam as sobrancelhas finas (embora não tão finas como nos anos 30). No entanto, se vocês repararem as fotos da Pagu nos anos 20, quando ela era mais jovem, ela está com as sobrancelhas num formato bem natural. Os tons de sombra que escolhi foram marrons, mas acredito que cinzas também ficariam bem. Uma característica marcante da maquiagem da Pagu é que ela sempre usava um batom vermelho e os lábios eram bem cheios. Eu ultrapassei um pouco a linha dos meus lábios, para deixá-los mais volumosos, seguindo mais o estilo da Pagu.”

Foto: Reprodução

Greta Garbo – “As sobrancelhas são bem finas, bem altas e bem arqueadas, como era preferido nos anos 30. Uma característica marcante em algumas das maquiagens da Greta Garbo era que ela deixava o côncavo bem marcado, por isso usei uma sombra preta para o local. Para ajudar no contraste, escolhi uma sombra branca nas pálpebras, mas outra sombra clara em outro tom também poderia ser usada, como um bege claro. Também usei delineador rente aos cílios superiores. Terminei a parte dos olhos com cílios postiços. O batom usado é o vermelho, que ainda estava bastante em alta. Como os lábios da Greta Garbo são bem finos, resolvi desenhar os meus um pouco mais finos do que de costume. O contorno pode ser usado na maquiagem. Utilizei a técnica no meu nariz para afiná-lo e também nas bochechas. O blush que usei também seguiu a linha diagonal do meu contorno, para continuar com o efeito de afinar o rosto.”

Foto: Reprodução

Marilyn Monroe – “A maquiagem da Marilyn Monroe foi uma das mais interessantes. As pessoas podem achar que é simples, mas ela tem uma série de detalhes que eu fui descobrindo enquanto pesquisava. Um detalhe muito interessante da maquiagem dela é que ela usava delineador marrom e não preto. Além de usar o delineador marrom na parte superior aos cílios e dar aquela puxadinha para fora, ela também usava o delineador marrom abaixo dos cílios inferiores, também dando uma puxada no traço para fora. Isso dá a impressão de sombreado, como se ela tivesse mais cílios nos cantos dos olhos. Aliás, ela também usava cílios postiços só nos cantinhos dos olhos, para dar mais volume àquela área.  Eu usei uma sombra marrom acinzentada no côncavo da metade do olho para fora, esfumando para que a linha não ficasse muito marcada. Para dar um contraste, usei sombra branca na pálpebra, mas se não quiser usar o branco, pode usar um bege ou uma cor que se adapte melhor ao seu tom de pele. A maquiagem dela era feita para que ela ficasse com lábios bem volumosos, para isso, eram utilizados vários tons diferentes de batom e não apenas um. Eu usei três tons, mas a Marilyn podia usar ainda mais. Usei um tom mais escuro na parte de fora, depois usei um tom mais claro como intermediário e bem ao centro usei um tom ainda mais claro. Esse degradê dá a impressão de que os lábios são mais volumosos do que realmente são. A Marilyn usava bastante contorno. Ela usava no nariz e também nos cantos do rosto, da têmpora até o queixo. Isso dá a impressão de que o rosto é mais fino. O iluminador também era bastante utilizado. Um pouco abaixo da sobrancelha, um pouco acima da sobrancelha, no nariz e abaixo dos olhos, acima do blush.”

Foto: Reprodução

Edie Sedgwick – “Algo bem marcante nas fotos da Edie é que ela deixava as sobrancelhas dela bem grossas. Nos olhos, era comum que o côncavo fosse bem marcado (utilizei uma sombra preta para isso e só dei uma esfumada bem de leve, para não apagar o traço). Depois utilizei sombra branca nas pálpebras móveis. Fiz um delineado grosso com delineador preto e dei uma puxadinha para fora nele. A maquiagem dos olhos era feita para dar a impressão de que eles eram maiores. Ela fazia um traço na parte de baixo dos olhos que ficava abaixo da linha dos cílios inferiores. Esse espaço era preenchido com lápis branco. Ela também costumava desenhar alguns cílios nos cantinhos inferiores dos olhos. Cílios postiços ficam ótimos nesse tipo de maquiagem. O batom que ela usava era bem perto do tom dos lábios dela. Ela tinha um rosto bem pequeno, então, para tentar diminuir o meu, usei técnicas de contorno nas extremidades da face e no nariz.

Conheça os espaços de Claudia Mina na internet!

E-mail: claudia.publicidade@gmail.com

Império Retrô

Criado em 2010 por Rafaella Britto, o blog Império Retrô aborda a influência do passado sobre o presente, explorando os diálogos entre moda, arte e sociedade.

3 comentários:

  1. Que interessante ver como o mesmo rosto fica tão diferente com maquiagens retrô caraterísticas.
    Adorei o post!

    ResponderExcluir
  2. adorei o posto! Acho tão interessante as características de maquiagem de cada época... A da Marilyn é a minha favorita!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela sua visita e sinta-se à vontade para opinar. Lembre-se de que:

(1) Todos os comentários são moderados pela editora do Império Retrô;
(2) Críticas e sugestões serão bem-vindas;
(3) Não serão aceitos spams e comentários anônimos de cunho agressivo.